Estratégias para aumentar as reservas no website de um hotel

Muitos hoteleiros independentes têm sido postos à prova devido à multiplicação de canais de distribuição online que se tem registado.

Os hoteleiros começaram a desinvestir ou a investir pouco nos seus canais de vendas diretas, aproveitando os novos “players”, como canais de distribuição/reservas online (OTA) para vender mais quartos.

No entanto, a preponderância dessas OTA’s tem vindo a aumentar cada vez mais, tendo chegado a um ponto em que se tornam indispensáveis para muitos hotéis, criando até uma dependência perigosa para esses.

As previsões apontam que, para conservar a sua quota de mercado, os hotéis independentes terão que fazer investimentos de marketing significativos.

De qualquer forma, há que salientar que existem soluções acessíveis para aumentar o tráfego dos websites dos hotéis e para promover reservas diretas. Os gerentes podem, realmente, tirar proveito das muitas ferramentas gratuitas ou de baixo custo oferecidas pela Web 2.0.

 

Porquê o foco de vendas no site do seu hotel?

O website de um hotel é ainda para muitos turistas a principal plataforma de reserva, um bom exemplo disso são os turistas do Quebec no Canadá.

De acordo com estudos da Ipsos-RVT realizado em 2011, 31% dos turistas, no Quebec, reservaram o seu alojamento no próprio site do hotel, por sua vez as OTA’s, tais como a Expedia e o Booking classificaram-se na terceira posição (13%), depois das reservas diretas offline.

O hoteleiro independente deve estar ciente de soluções de baixo custo que lhe permitem expandir as suas vendas diretas, se assim for, o website do hotel pode tornar-se o canal de distribuição mais rentável.

 

O efeito “outdoor” das agências de viagens online

Como observado por pesquisadores da Universidade de Cornell, as OTA´s oferecem benefícios significativos nas vendas diretas, através de canais de reserva on-line. Na verdade, uma proporção significativa de utilizadores da Internet que procura os hotéis nas OTA’s, vai visitar o website do estabelecimento para fazer a reserva.
De acordo com uma pesquisa de WIHP, uma empresa de marketing online, 20% dos entrevistados encontraram um hotel independente através de uma OTA, mas a reserva foi feita no site do hotel.
Várias explicações são possíveis. Uma das mais óbvias é que antes de reservar a partir de uma OTA, é provável que o consumidor visite o site do hotel para ver se este pratica um preço mais barato. Se este não for o caso, o hotel deve ainda convencê-lo a reservar diretamente. Pode apresentar os benefícios que as agências de viagens online não oferecem, como melhores condições e opções de pagamento, reembolso e cancelamento.
É importante que os colaboradores dos hotéis estejam cientes das altas comissões pagas às OTA´s para tomarem consciência da importância de captar o cliente.

 

Otimização para motores de busca (SEO)

A fim de aumentar o tráfego no website de um hotel, é necessário assegurar uma boa visibilidade na Internet.
Isso requer uma gestão profissional do SEO, escolhendo diferentes títulos de páginas e palavras-chave apropriadas.
Um hotel também pode usar palavras-chave sobre as atividades disponíveis ao redor do mesmo e apresentar as experiências e não apenas os produtos e serviços: alimentação, relaxamento, vinhos, museu, vida noturna, etc.

 

Responder às necessidades de localização

Para aparecer nos primeiros lugares dos resultados de busca, o hoteleiro pode exibir o seu endereço em cada página do seu site. Isto não só permite que os visitantes encontrem rapidamente o endereço, como permite aos motores de busca averiguarem se é uma empresa local.

A Google desenvolveu uma nova ferramenta gratuita para facilitar o comércio local.” Google+ e Google Places” incorporada na “Google+ local”, que agora aparece nos resultados da pesquisa e no “Google Maps”. O hoteleiro pode então persuadir o utilizador a visitar o seu site através de fotos, de comentários de clientes e pelo sistema de avaliação” Zagat.”

 

Redes sociais: aliados!

Com a ajuda das redes sociais e todas as potencialidades e possibilidades que estas permitem, os estabelecimentos hoteleiros podem adotar estratégias simples para atrair utilizadores ao seu website.
Aqui estão algumas ideias:

  • Publicar informações sobre eventos e promoções do hotel nas páginas de Facebook de empresas localizadas na mesma área geográfica.
  • Incluir um sistema de gestão de reservas online na página do Facebook do hotel.
  • Referenciar e participar em blogs de pessoas influentes. Também é possível escrever artigos no seu blog, sobre temas que possam atrair a atenção dos leitores, sem mensagens promocionais.

 

A importância do conteúdo no website de um hotel

Centrando-se sobre a qualidade dos conteúdos e de design do seu site, o hotel irá garantir um fluxo de tráfego contínuo. Para tal, estes conteúdos devem ser envolventes, intuitivos, originais, fáceis de usar e de navegação simples.
O conteúdo tem um impacto significativo no SEO e visibilidade nas redes sociais. Além disso, o hotel tem a vantagem de ser capaz de oferecer produtos exclusivos que não serão encontradas noutros canais de vendas online, tais como pacotes personalizados para cada segmento de clientes (empresas, estadias, viagens, etc.) ou ocasiões especiais (Dia dos Namorados, Natal, Dia da Mãe, etc.).
Mas os esforços para aumentar o tráfego do site do hotel só são úteis se for possível efetuar reservas.

Pode concluir-se, portanto, que a indústria hoteleira não deve poupar esforços para ultrapassar ainda alguma relutância que existe em investir em novas tecnologias, descobrindo e adotando aplicações mais eficazes para conduzir a uma maior produtividade e maximizar lucros.
A utilização de canais de distribuição online mais eficazes, por parte das unidades hoteleiras, torna-se imprescindível, pois transporta mais informação, maior facilidade de contacto e de reserva, pode mostrar serviços, inovação até junto dos consumidores, em qualquer parte do globo.

Faça aqui o download do nosso Ebook:
Importância de um bom website para hotéis

Fonte: Reseau de veille en tourisme

"SUBSCRIBE TO THE BLOG"
Receive an update straight to your inbox every time I publish a new article. Your email address will never be shared