Redes sociais mais utilizadas pelos hotéis

Importância das redes sociais

As redes sociais são, para os hotéis, o meio de comunicação mais importante e mais eficaz para garantir uma maior aproximação com o cliente.

Segundo uma pesquisa realizada pelo  Altimer Group e pela Wetpaint, através da análise de 100 empresas, para a revista Business Week, as empresas que investiram em redes sociais tiveram um crescimento de 18%, ao invés de outras entidades, que não investiram e tiveram uma queda de 6%.

 

Quais são as vantagens para o seu hotel em apostar nas redes sociais?

  • 1 – Maior conhecimento e proximidade do público-alvo;
  • 2 – Divulgar promoções, serviços e novidades do hotel;
  • 3 – Aumentar a notoriedade e presença online;
  • 4 – Maior adesão de utilizadores e possivelmente futuros hóspedes;
  • 5 – Melhor relacionamento com os clientes;
  • 6 – Melhor comunicação interna e externa;
  • – Redução de custos em campanhas;
  • 8 – Gerar mais tráfego ao website do hotel.

 

Muitas vezes, os utilizadores utilizam as redes sociais como um motor de busca. Pesquisam informações relevantes sobre as marcas e as empresas e sentem um maior à vontade para tirar qualquer tipo de dúvida.

Tornou-se muito mais fácil perceber  se o cliente está satisfeito ou insatisfeito, através das redes sociais pois estas vieram dinamizar o modo como os clientes e os hoteleiros comunicam entre si, possibilitando um maior entendimento entre eles.

 

Quais são as redes sociais mais utilizadas pelos hoteleiros?

Facebook

Segundo os dados da HospitalityNet , esta é a rede mais utilizada no mundo inteiro e já conta com cerca de 1 bilião de usuários.

Ter uma página nesta rede social significa que necessita de ter uma estratégia bem fundamentada e metas bem definidas, para que esta seja uma excelente ferramenta de Marketing Digital que contribua para alcançar os seus objectivos: Atrair e fidelizar clientes.

Para a maior parte dos hoteleiros, é muito gratificante utilizar o Facebook para comunicar o serviço existente, sob formato de imagem ou comentários, bem como para gerar mais reservas online.

TravelClick realizou um estudo envolvendo 400 estabelecimentos hoteleiros, no qual se conclui que:

  • Cerca de metade (48%) dos 400 hotéis tinham um motor de reservas no Facebook ou noutra rede social;

 

  • Dos 52% dos hotéis que negava ter um motor de reservas online nas redes sociais, 22,5% afirma que tem como objectivo planear a integração de um motor de reservas ainda em 2013.

 

Assim sendo, considere oferecer aos seus hóspedes a possibilidade de efectuar reservas directamente do Facebook. Deste modo, será muito mais fácil converter fãs da página em hóspedes, ao mesmo tempo que facilita o processo de reserva para os clientes.

Google + 

De acordo com os dados da HospitalityNet, esta ferramenta do Google já soma cerca de 346 milhões de utilizadores, ocupando o segundo lugar das redes sociais.

Será que o Google + é um concorrente para o Facebook? Só não é para o Facebook, como é uma ameaça para todas as redes sociais. Apesar destas duas redes sociais terem algumas semelhanças, como a partilha rápida de informação, também têm algumas diferenças.

Vejamos, por exemplo:

  • Facilita o acesso aos outros serviços da Google – Gmail, Blog, Youtube;
  • Permite agrupar os amigos através dos círculos e escolher a informação que cada grupo possa ver;
  • Possibilita uma maior interacção no chat, podendo efectuar vídeos de chamada em privado ou em grupo, bem como ter como a opção de escolher um cenário adequado à conversa através do Google Hangouts;
  • Sabendo que esta ferramenta pertence à Google, esta é também a mais eficaz para melhorar as suas referências na Web.

 

É importante para os hoteleiros estarem presentes no Google + pois permite ampliar a sua expansão a nível global e ter mais hipóteses de serem encontrados por novos públicos.

Apesar das diferenças das duas redes sociais, o ideal seria utilizar os recursos disponíveis que ambas têm para poder aumentar a presença online  do hotel, bem como desenvolver uma boa estratégia de Marketing Digital.

 

Twitter

Por sua vez, no mesmo estudoTwiter  ocupa a terceira posição das redes sociais mais utilizadas, com um total de 200 milhões de usuários activos.

Apesar de estar em último lugar, e de ter sido ultrapassado recentemente pelo Google +, esta rede oferece múltiplas vantagens para o hoteleiro. A primeira, e que por vezes pode ser interpretada como uma desvantagem, é a quantidade de caracteres.

Twitter disponibiliza apenas 140 caracteres para uma comunicação mais eficaz e directa. Ao mesmo tempo que tem de ser preciso na informação, também tem de ser objectivo no conteúdo publicado.

 

No entanto, o Twitter ainda possibilita:

  • Um relacionamento de confiança e credibilidade com o público-alvo;
  • Comunicação rápida e directa;
  • Esclarecimento de dúvidas frequentes dos clientes;
  • Indicadores para analisar a notoriedade do hotel, através dos comentários e opiniões dos clientes.

 

Se ainda tem dúvidas em relação ao Twiter, nós damos-lhe um incentivo. O Sol Wave Hotel, foi o primeiro hotel a ter uma comunidade no Twitter. Foi em Maiorca (Espanha), que todos os hóspedes deste hotel tiveram a possibilidade de aceder, através das suas contas, à página do Hotel para poderem  partilhar fotografias,  enviar mensagens a outros hóspedes e ao staff, a fim de proporcionar uma maior interacção entre ambos.

 

Instagram

 

Para a maioria dos estabelecimentos hoteleiros que comunicam nas redes sociais, há uma rede que satisfaz o desejo de qualquer hoteleiro. O Instagram, esta é a rede que permite estabelecer uma maior ligação com o cliente e que é compatível com todas as redes sociais, nomeadamente o Facebook e/ou o Twitter.

Apesar de a sua utilização ser apenas condicionada ao mobile (Iphone ou Ipad), sem ter a possibilidade de interagir a partir de um computador, esta rede social permite uma comunicação mais rápida e interactiva graças às fotografias e aos vídeos partilhados.

 

O que comunicar no Instagram?

Desde que as fotografias ou vídeos estejam devidamente explicados e identificados com um hashtag (ex.: #HotelBuzz ou #novoserviço) pode partilhar tudo o que beneficie a imagem do seu hotel, como por exemplo:

 

  • Factores diferenciadores no quarto de hotel;
  • Destacar um serviço;
  • Funcionários;
  • Um evento;
  • Equipamento novo;
  • Mostrar os bastidores;
  • Divulgar a região, a localidade ou os arredores do hotel.

 

Ao publicar este tipo de imagens está a criar conteúdo pesquisável, que poderá converter-se num efeito viral e consequentemente gerar mais tráfego online à sua página.

Sabia que na Austrália há um hotel que é inspirado no Instagram? O 1888 Hotel Sydney foi o primeiro hotel no mundo a ser pensado em modo Instagram. Ou seja, o espaço é desenvolvido para partilhar a fotografia ideal a partir de qualquer  ângulo, perspectiva ou vista.

Há recantos idealizados para a fotografia, para as promoções e também para os concursos que envolvem  os “instagramers”, até porque a alta tecnologia do hotel facilita a partilha de conteúdos entre os clientes.

Por todo o  hotel é possível observar que tudo é concebido para os instagramers, desde a recepção, que tem dois ecrãs que mostram automaticamente as actualizações de todas as fotos partilhadas com a hashtag #1888hotel às ofertas que ocorrem mensalmente. Todos os meses, o hotel oferece uma estadia aos utilizadores que tirarem a melhor fotografia ao hotel, criando assim uma relacionamento mais sólido e de confiança.

 

Para terminar…

Se o seu hotel ainda não tem presença nestas redes sociais, ou em outras como o Youtube, FlickrPinterest, considere uma estratégia de Marketing Digital abrangente a todas as plataformas.

Escolha a mais adequada ao seu público-alvo, de modo a aumentar a presença online e a notoriedade do hotel, bem como criar uma ligação mais próxima e eficaz com o cliente.

No entanto, se ainda não sabe qual será a melhor estratégia a adoptar, nós podemos dar uma ajuda.

Saiba também para que são utilizadas as redes sociais em hotelaria, aqui.

Faça aqui o download do nosso Ebook:
As melhores práticas para hotéis no Facebook

Photo credit: courosa via photopin cc

http://www.revistahoteis.com.br/materias/7-Especial/6740-Hotelaria-aposta-nas-redes-sociais-como-novo-canal-de-vendas

http://info.hotelbuzz.pt/blog-marketing-digital-hotelaria/google-hotel-finder-reservas-de-hoteis-e-com-ele